segunda-feira, 8 de novembro de 2010

DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM NA ESCOLA

Dificuldade de aprendizagem ou transtornos de aprendizagem não se refere a um único distúrbio e sim a um conjunto de fatores que podem prejudicar o aluno. Os sintomas podem ser de três tipos: Leitura, escrita ou habilidades numéricas. Dificilmente pode ser atribuído a uma única causa.

Normalmente se manifesta com maior freqüência na fase escolar. Muitas vezes interpretado como preguiça, falta de vontade, desinteresse. Mas nada impede que um adulto ou até mesmo uma pessoa na terceira idade apresente problemas cognitivos.

Quando o aluno apresenta dificuldades em aprender ou recebe muitas reclamações da escola é recomendado procurar um especialista para fazer uma avaliação. A busca para solucionar o problema deverá ser em conjunto escola juntamente com família. Às vezes o simples fato de mudar a crianças de lugar na sala ou de sala pode resolver o problema.

Algumas escolas possuem equipes especializadas com Psicólogos, Psicopedagogos, Nutricionista e até Pediatras, que poderão levantar uma hipótese diagnóstica orientando aos pais qual ou quais os profissionais deverão ser procurados.

Independente do problema que pode ser uma dificuldade de visão, atenção, imaturidade, agitação, timidez, separação dos pais, adoção, violência doméstica; ou problemas neurológicos, psiquiátricos como deficiência mental, TDAH, dislexia. Todos necessitam de atenção e acompanhamento com um profissional ou equipe multidisciplinar.

Não só os pais, mas também as escolas devem ficar atentas a qualquer alteração no comportamento dos alunos. Normalmente os pais não conseguem perceber com clareza o problema dos seus filhos. É na escola que o aluno vai sinalizar, normalmente, o problema e os professores poderão perceber e identificar os sintomas.

Nenhum comentário: