domingo, 14 de dezembro de 2008

Psicodiagnóstico

Vanessa Muller

De acordo com Ancona-Lopez (1995), o psicodiagnóstico é realizado com tempo limitado, buscando descrever e compreender a personalidade total do paciente, abrangendo, assim, aspectos atemporais. Desta forma, podemos dizer que, um de seus objetivos é direcionar o trabalho terapêutico.
Segundo Cunha (1993), psicodiagnóstico é um processo científico, limitado no tempo, no qual realiza-se uma avaliação psicológica, por meio de testagem. A realização dos testes possui propósitos clínicos e são definidos durante a realização do diagnóstico. O autor define que o objetivo do psicodiagnóstico abrange a compreensão de problemas com base em pressupostos teóricos, identificação e avaliação de aspectos específicos ou classificação do caso e possível previsão de seu curso, comunicando, ao final do trabalho, os resultados obtidos.
A utilização da bateria de testes propicia o levantamento de dados que devem ser interligados com o histórico do paciente. A obtenção do histórico é realizada com base no plano de avaliação, pré-estabelecido através de perguntas ou hipóteses iniciais, que auxiliam na definição dos instrumentos e momento adequado para sua aplicação. Segundo Cunha (1993),

Caracterizamos o psicodiagnóstico como um processo científico, porque deve partir de um levantamento prévio de hipóteses que serão confirmadas ou informadas através de passos pré-determinados e com objetivos precisos.
...

O plano de avaliação é estabelecido com base nas perguntas ou hipóteses iniciais, definindo-se não só quais os instrumentos necessários, mas como e quando utiliza-los. (p.05).





Referência Bibliográfica:


ANCONA-LOPEZ, S. O mundo do adolescente. In: ANCONA- LOPEZ, M. Psicodiagnóstico: processo de intervenção. São Paulo.
Cortez. 1995. Cap. 02. p. 26 - 36.

CUNHA, J. e Col. Fundamentos do psicodiagnóstico. N.: Psicodiagnóstico-R. 4.ed. Porto Alegre. Artes Médicas. 1993. Cap. 01. p. 3 - 10.

sábado, 13 de dezembro de 2008

TELEGRAMA DO DIVÓRCIO

Vejam só...
Uma mulher é transferida para trabalhar em outra cidade.
Depois de poucos dias, mandou um telegrama ao marido que dizia:
'POR FAVOR, ENVIE URGENTE DOCUMENTOS PARA O DIVÓRCIO. ENCONTREI UM COMPANHEIRO IDEAL POSSUI AS MESMAS CARACTERÍSTICAS DO NOVO VECTRA DA CHEVROLET.'

O marido, desesperado, corre à uma concessionária e pergunta ao vendedor quais as características do tal carro.
O vendedor responde: '

É MAIS POTENTE, MAIS COMPRIDO, MAIS LARGO, MAIS RÁPIDO NA SUBIDA, MAIS BONITO E NÃO BEBE MUITO.'

O marido, então, compreende imediatamente o que sua esposa quis dizer.
Duas semanas depois, é ela que recebe um telegrama dizendo:

'MANDEI OS PAPÉIS DO DIVÓRCIO. ASSINE RÁPIDO!!!
ENCONTREI UMA COMPANHEIRA IDEAL. REÚNE TODAS AS QUALIDADES DA NOVA CHEROKEE '

Curiosa, a mulher vai a uma concessionária e pergunta sobre o tal carro.
O vendedor responde:
É MAIS RESISTENTE, SUPORTA MAIS PESO,TEM LUBRIFICAÇÃO AUTOMÁTICA, A CARROCERIA É NOVA E MAIS ARREDONDADA, É MAIS BONITA E CONFORTÁVEL, POSSUI AIR-BAG,MAIS SILENCIOSA, NÃO VAZA ÓLEO. E ACEITA ENGATE NA TRASEIRA'

Mulheres e Maçãs

Já dizia Machado de Assis:
"As melhores mulheres pertencem aos homens mais atrevidos..."

Mulheres são como maçãs em árvores, as melhores estão no topo....Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair ese machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de se conseguir. Assim, as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, ELES estão errados...Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar, aquele que évalente o bastante para escalar até o topo da árvore.

(Machado de Assis )

domingo, 7 de dezembro de 2008

Como Melhorar a Auto Estima


  • 1.Transforme os lamentos em decisões. Deixe a atitude passiva de lado e assuma para si a responsabilidade de promover mudanças.


  • 2. Escolha objetivos possíveis, mesmo que você tenha que conquistá-los pouco a pouco. Metas inatingíveis são o caminho mais fácil para a frustração e uma nova recaída na auto-estima.


  • 3. Trabalhe seu auto-conhecimento questionando sobre seus valores e analisando o que é realmente importante para você. Isto vai ajudá-lo a tomar decisões e mudar atitudes.


  • 4. Assuma seus defeitos e se aceite do jeito que você é. Não se trata de ser acomodado, pelo contrário. Tente melhorar o que for possível, mas não exagere buscando perfeição em tudo. Essa busca é infinita, e você pode estar desperdiçando tempo e esforços que poderiam ser dedicados a outras atividades mais produtivas e prazeirosas.


  • 5. Encare o fracasso como algo normal. Aproveite-o como uma lição valiosa para encarar os novos desafios, e não como prova de incapacidade.


  • 6. Expresse suas opiniões, desejos. Por outro lado, respeite as opiniões de outras pessoas. Respeitar não significa que você deva concordar necessariamente com elas.


  • 7. Diversifique e amplie suas relações.


  • 8. Pequenas atitudes podem significar muito: um telefonema, uma festa com os amigos, arrumação do quarto, etc.


  • Atenção:


  • 1. Dê um passo de cada vez. Querer resolver tudo de uma vez na maioria das vezes não é uma atitude realista.


  • 2. Não caia na tentação do álcool para esquecer os problemas e obstáculos. O melhor é enfrentá-los de forma otimista, sem subestimá-los ou, ao contrário, achar que são intransponíveis.

Carta do ex (ele) para a ex (ela) :

Querida ex-esposa,
Escrevo para dizer que vou te deixar.
Fui bom marido por 7anos.
As duas últimas semanas foram um inferno.
O seu chefe me chamou para dizer que você tinha pedido demissão e isto foi a gota.
Na semana passada, nem notou que não assisti ao futebol.
Te levei na churrascaria que mais gosta.
Não comeu e quando chegou em casa foi dormir depois da novela.
Não diz que me ama, nunca mais fizemos sexo.
Está me enganando ou não me ama mais.
PS. Se quiser me encontrar, desista.
A Júlia, aquela sua 'melhor amiga' da academia e eu vamos viajar para o nordeste e vamos nos casar!
Ass: Seu Ex-marido.

Resposta da ex (ela) para o ex (ele):
Querido ex-marido,
Nada me fez mais feliz do que ler sua carta.
É verdade, ficamos casados por 7 anos, mas dizer que você foi um bom marido é exagero.
Vejo a novela para não lhe ouvir resmungar a toda hora.
Reparei que não assistiu futebol, mas com certeza, foi porque seu time tinha perdido e você estava de mau humor.
A churrascaria deve ser a preferida da 'amiga' Júlia, pois não como carne há dois anos.
Fui dormir porque vi que a cueca estava manchada de batom.
Rezei para que a empregada não visse.
Mas, com tudo isto, ainda o amava e senti que poderíamos resolver os nossos problemas.
Assim quando descobri que eu tinha ganhado na Loteria, deixei o meu emprego e comprei dois bilhetes de avião para o Taiti, mas quando cheguei em casa você já tinha ido.
Fazer o quê?
Tudo acontece por alguma razão.
Espero que você tenha a vida que sempre sonhou.
O meu advogado me disse que devido à carta que você escreveu, não terá direito a nada.
Portanto, se cuida!
Aproveitei que já tinha comprado as passagens e convidei meu advogado para me acompanhar e ele aceitou com prazer.
PS. Não sei se lhe disse, mas a Julia, minha 'melhor amiga', está grávida do Jorginho, nosso personal.
Espero que isto não seja um problema...
Ass: Milionária, Gostosa e Solteira.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Quem não dá assistência, abre a concorrênia e perde a preferência....(Arnaldo Jabor)

Às amigas e amigos modernos: Não deixem de ler.
Para as mulheres, uma verdade!
Para os homens, a realidade!
Você, homem da atualidade, vem se surpreendendo diuturnamente com o 'nível' intelectual, cultural e, principalmente, 'liberal' de sua mulher, namorada, etc...
Às vezes sequer sabe como agir, e lá no fundinho tem aquele medo de ser traído - ou nos termos usuais - 'corneado'.
Saiba de uma coisa... Esse risco é iminente, a probabilidade disso acontecer é muito grande, e só cabe a você, e a ninguém mais evitar que isso aconteça - ou então - assumir seu 'chifre', em alto e bom som.
Você deve estar perguntando por que eu gastaria meu precioso tempo, falando sobre isso. Entretanto, a aflição masculina diante da traição vem me chamando à atenção já há tempos.
Mas o que seria uma 'mulher moderna'?
A principio seria aquela que se ama acima de tudo, que não perde (e nem tem) tempo com/para futilidades, é aquela que trabalha porque achaque o trabalho engrandece, que é independente sentimentalmente dos outros, que é corajosa, companheira, confidente, amante...
É aquela que às vezes tem uma crise súbita de ciúmes, mas que não tem vergonha nenhuma em admitir que esteja errada e de correr pros seus braços...
É aquela que consegue ao mesmo tempo ser forte e meiga, desarrumada e linda...
Enfim, a mulher moderna é aquela que não tem medo de nada nem de ninguém, olha a vida de frente, fala o que pensa e o que sente, doa a quem doer...
Assim, após um processo 'investigatório' junto a essas 'mulheres modernas' pude constatar o pior:
- VOCÊ SERÁ (OU É???) 'corno', a menos que:
- Nunca deixe uma 'mulher moderna' insegura.
Antigamente, elas choravam. Hoje elas simplesmente traem, sem dó nem piedade.
- Não ache que ela tem poderes 'adivinhatórios'. Ela tem de saber da sua boca - o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.
- Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol) mais do que duas vezes por semana, três vezes então, é assinar atestado de 'chifrudo'.
As 'mulheres modernas' dificilmente andam implicando com isso, entretanto, elas são categoricamente 'cheias de amor pra dar' e precisam da 'presença masculina'. Se não for a sua meu amigo...Bem...
- Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex, bom de cama, é grandessíssimo.
- Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la. As 'mulheres modernas' têm um pique absurdo em relação ao sexo e, principalmente, dos 30 aos 38 anos, elas pensam - e querem - fazer sexo TODOS OS DIAS(pasmem, mas é a pura verdade)... Bom, nem precisa dizer que se não for com você...
- Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso. Garanhões mal (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem, são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????
- Nem pense em provocar 'ciuminhos' vãos. Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.
- Em hipótese alguma a deixe desconfiar do fato de você estar saindo com outra. Essa mera suposição da parte delas dá ensejo ao um 'chifre' tão estrondoso, que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém MUITO MAIS 'comedor' do que você... só que o prato principal, bem...Dessa vez é a SUA mulher.
- Sabe aquele bonitão que você sabe que sairia com a sua mulher a qualquer hora? Bem... De repente a recíproca também pode ser verdadeira. Basta ela, só por um segundo, achar que você merece...Quando você reparar... já foi.
- Tente estar menos 'cansado'. A 'mulher moderna' também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para - como diziam os homens de antigamente - 'dar uma' -, para depois, virar de lado esimplesmente dormir.

- VOLTE A FAZER COISAS DO COMEÇO DA RELAÇÃO. SE QUANDO COMEÇARAM A SAIR VIVIAM SE CRUZANDO EM 'BALADAS', 'SE PEGANDO' EM LUGARES INUSITADOS, TROCAVAM E-MAILS OU TELEFONEMAS PICANTES, A CHANCE DELAGOSTAR DISSO É MUITO GRANDE, E A DE SENTIR FALTA DISSO ENTÃO É IMENSA.A 'MULHER MODERNA' NÃO PODE SENTIR FALTA DESSAS COISAS... SENÃO...

Bem, amigos, aplica-se finalmente, o tão famoso jargão:

'QUEM NÃO DÁ ASSISTÊNCIA, ABRE A CONCORRÊNCIA E PERDE A PREFERÊNCIA'.

Deste modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente, o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem antes de dar alguma dessas 'mancadas'...

Proteja-a, ame-a, e principalmente, faça-a saber disso. Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele 'bonitão' que vive enchendo-a de olhares... e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você!!! 'Quem não se dedica, se complica.'

Como diz uma amiga:

MULHER NÃO TRAI, APENAS SE VINGA.

Casamento de surdos

Um surdo e uma surda se casaram.
Durante a primeira semana, eles descobriram que eram incapazes de se comunicar na cama quando a luz estivesse apagada.
Pois não podiam enxergar a linguagem dos sinais.
Depois de várias noites pensando em alguma solução, a esposa disse, gesticulando: Querido, por que não fazemos alguns sinais simples?
Por exemplo: à noite, se você quiser fazer sexo comigo, pegue no meuseio esquerdo uma vez.
Se não quiser fazer sexo, pegue no meu seio direito uma vez.
O marido acha uma Grande idéia e gesticula de volta para a esposa: Grande idéia!!!!
E se você quiser fazer sexo comigo, balance meu pinto uma vez.
Se não quiser, balance meu pinto 250 vezes...BEM RÁPIDO!!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Curso de PMK

PMK - Básico

01)Histórico do Teste.
02)Aplicabilidade e vantagens do uso do PMK
03)Apresentação do material
• a mesa e a cadeira para aplicação
• a posição do aplicador
• a importância de se usar a folha padronizada
04)O Contato com o Sujeito
• preparação para a prova
• a posição na cadeira
• o modo de segurar o lápis.
05)Fundamentação teórica.
06)Técnica de aplicação
• Instruções para o Sujeito
• O que o aplicador deve e como marcar
• Como usar os anteparos
• Quando deve ser repetido um traçado
07)Mensuração dos traçados
• a importância da mensuração
• mensuração dos lineogramas
• mensuração dos zigue-zagues
• mensuração das escadas e círculos
• mensuração das cadeias
• mensuração das paralelas
• mensuração dos Us
• quando devem ser usadas as máscaras
08)A Tetronagem
• a escolha das tabelas
• o que é tetron
• como fazer um perfil dos resultados
• a interpretação quantitativa
09)Vocabulário específico do teste
10)Interpretação dos perfis
11)Aplicabilidade e vantagens do uso do PMK
12)Conceito de normalidade no PMK
13)Introdução de alguns conceitos qualitativos e quantitativos do teste
14)Apreciações qualitativas gerais considerando os dados de cada configuração:
•Pressão
•Tremor
•Configurações específicas
•Modo de prosseguimento
•Direção dos eixos
•Nível ideomotor
•Ansiedade e angústia
•Situações conflitivas
15)Psicopatologia no PMK
•Esquizotimia
•Esquizoidia
•Esquizofrenia
•Ciclotimia
•Cicloidia
•Psicose maníaco depressiva
16)Disritmia no PMK
•Características dos traçados no PMK
•Comportamento do portador de disritmia
•A correlação entre o PMK e o EEG
•Profissões não condizentes com o disrítmico
•O efeito dos remédios sobre o teste
17)O alcoolismo e outros tipos de drogas no PMK
•O tipo de traçado no teste
•A "suspeita" do uso e drogas pela aparência
•A conduta ética do Psicólogo nestes casos.
18)A conduta ética do Psicólogo com os "clientes"
•Solicitação de avaliação médica
•Devolutiva
19)Algumas pesquisas realizadas com o teste
20)Elaboração de laudos levando em consideração dados quantitativos e qualitativos

Treino através de alguns casos (mínimo 10).


Carga Horária: 60 Horas/aula (teoria e prática)
Investimento: 500,00
Pagamento : a combinar

*Aulas individuais ou pequenos grupos.

Mercado de Ações

Uma vez, num vilarejo, apareceu um Homem anunciando aos aldeões que compraria macacos por $10 cada.

Os aldeões sabendo que havia muitos macacosna região, foram à floresta e iniciaram a caça aos macacos.

O Homem comprou centenas de macacos a $10 e então os aldeões diminuíram seu esforço na caça. Então, o Homem anunciou que agora, pagaria $20 por cada macaco e os aldeões renovaram seus esforços e foram novamente à caça.

Logo, os macacos foram escasseando cada vez mais e os aldeões foram desistindo da busca.

A oferta aumentou para $25 e a quantidade de macacosficou tão pequena, que já não havia mais interesse dos aldeões na caça.

O Homem então anunciou que agora compraria cada macaco por $50! Entretanto, como iria àcidade grande, deixaria seu Assistente cuidando da compra dos macacos.

Na ausência do Homem, seu Assistente disse aos aldeões: 'Olhe todos estes macacos na jaula que o Homem comprou.

Eu posso vendê-los por $35 a vocês equando o Homem retornar da cidade, vocês podem revender-lhe por $50 cada.

Os aldeões, espertos, pegaram todas as suas economias e compraram todos os macacos do assistente.

Eles nunca mais viram o Homem ou seu Assistente,somente macacos por todos os lados.

Agora você entendeu como funciona o mercado de ações?

Namorada, amante e esposa

Três mulheres, uma noiva, uma casada e uma amante, decidiram fazer umabrincadeira: seduzir seus homens usando uma capa, corpete de couro, máscaranos olhos, botas de cano alto, pra depois dividir a experiência entre elas.


No dia seguinte, disse a noiva:

- Quando meu namorado me viu usando o corpete de couro, botas com 12cmdesalto e máscara sobre os olhos, me olhou intensamente e disse: Você é amulher da minha vida, eu te amo'. E fizemos amor apaixonadamente.


A amante contou a sua versão:

- Encontrei meu amante no escritório, com o equipamento completo! Quandoabri a capa, ele não disse nada, me agarrou e trepamos a noite toda, namesa, no chão, de pé, na janela, até no hall do elevador!


E aí a casada contou sua história:

- Mandei as crianças para a casa da minha mãe, dei folga pra empregada,fizdepilação completa, as unhas, escova, passei creme no corpo inteiro,perfumeem lugares estratégicos, e caprichei: capa preta, corpete de couro,botascom salto de 15 cm, máscara sobre os olhos e um batom vermelho que nuncatinha usado. Pra incrementar, comprei uma calcinha de licra preta com umlacinho de cetim no ponto G!

Ainda apaguei todas as luzes da casa edeixeisó velas iluminando tudo.

Meu marido chegou, me olhou de cima abaixo e disse:

Fala aí, Batman, o que temos para o jantar?

Nos diários

*No Diário DELA:*
No sábado à noite ele estava estranho...
Combinamos de nos encontrarno barpara tomar um drink.
A conversa não estava muito animada, de maneira quepensei em irmos a um lugar mais íntimo para podermos conversar melhor, emparticular.
Sugeri um restaurante e ele continuou agindo de modo estranho.
Tentei animá-lo e comecei a pensar se seria p minha causa ou outra coisa qualquer.
Perguntei, e ele disse que não era eu.
Mas não fiquei muito convencida.
Eu estava ficando mesmo preocupada.
Finalmente chegamos em casa e eu já estava pensando se ele iria me deixar!
Por isso tentei fazê-lo falar, mas ele ligou a televisão, e sentou-se com um olhar distante que parecia estar me dizendo que tudo, entre nós, estivesse acabado.
Por fim, embora relutante, disse que ia me deitar...
Mais ou menos 10 minutos depois ele foi se deitar também e, para minha surpresa, correspondeu aos meus avanços e fizemos amor.
Mas ainda parecia muito distraído.
Quis confrontá-lo e falar sobre isso, mas comecei a chorar e chorei até adormecer.
Já não sei o que fazer.
Tenho quase a certeza que ele tem alguém e que a minha vida é um autêntico desastre.

*No Diário DELE: *
Hoje meu time perdeu; Mas, foda-se, pelo menos dei uma antes de dormir.

Porque as MULHERES enlouquecem os homens

Mulher - Onde você vai?
Homem - Vou sair um pouco.
Mulher - Vai de carro?
Homem - Sim.
Mulher - Tem gasolina?
Homem - Sim.... coloquei.
Mulher - Vai demorar?
Homem - Não... coisa de uma hora.
Mulher - Vai a algum lugar específico?
Homem - Não... só rodar por aí.
Mulher - Não prefere ir a pé?
Homem - Não... vou de carro.
Mulher - Traz um sorvete pra mim!
Homem - Trago... que sabor?
Mulher - Manga.
Homem - Ok... na volta eu passo e compro.
Mulher - Na volta?
Homem - Sim... senão derrete.
Mulher - Passa lá, compra e deixa aqui.
Homem - Não... melhor não! Na volta... é rápido!
Mulher - Ahhhhh!
Homem - Quando eu voltar eu tomo com você!
Mulher - Mas você não gosta de manga!
Homem - Eu compro outro.. de outro sabor.
Mulher - Aí fica caro... traz de cupuaçu!
Homem - Eu não gosto também.
Mulher - Traz de chocolate... nós dois gostamos.
Homem - Ok! Beijo... volto logo....
Mulher - Ei!Homem - O que?
Mulher - Chocolate não... Flocos...
Homem - Não gosto de flocos!
Mulher - Então traz de manga prá mim e o que quiser prá você.
Homem - Foi o que sugeri desde o começo!
Mulher - Você está sendo irônico?
Homem - Não tô não! Vou indo.
Mulher - Vem aqui me dar um beijo de despedida!
Homem - Querida! Eu volto logo... depois.
Mulher - Depois não... quero agora!
Homem - Tá bom! (Beijo.)
Mulher - Vai com o seu ou com o meu carro?
Homem - Com o meu.
Mulher - Vai com o meu... tem cd player... o seu não!
Homem - Não vou ouvir música... vou espairecer...
Mulher - Tá precisando?
Homem - Não sei... vou ver quando sair!
Mulher - Demora não!
Homem - É rápido... (Abre a porta de casa.)
Mulher - Ei!Homem - Que foi agora?
Mulher - Nossa!!! Que grosso! Vai embora!
Homem - Calma... estou tentando sair e não consigo!
Mulher - Porque quer ir sozinho? Vai encontrar alguém?
Homem - O que quer dizer?
Mulher - Nada... nada não!
Homem - Vem cá... acha que estou te traindo?
Mulher - Não... claro que não... mas sabe como é?
Homem - Como é o quê?
Mulher - Homens!
Homem - Generalizando ou falando de mim?
Mulher - Generalizando.
Homem - Então não é meu caso... sabe que eu não faria isso!
Mulher - Tá bom... então vai.
Homem - Vou.
Mulher - Ei!
Homem - Que foi, cacete?
Mulher - Leva o celular, estúpido!
Homem - Prá quê? Prá você ficar me ligando?
Mulher - Não. caso aconteça algo, estará com celular.
Homem - Não... pode deixar...
Mulher - Olha... desculpa pela desconfiança, estou com saudade, só isso!
Homem - Ok, meu amor. Desculpe-me se fui grosso. Tá.. eu te amo!
Mulher - Eu também! Posso futricar no seu celular?
Homem - Prá quê?
Mulher - Sei lá! Joguinho!
Homem - Você quer meu celular prá jogar?
Mulher - É.
Homem - Tem certeza?
Mulher - Sim.
Homem - Liga o computador... lá tem um monte de joguinhos!
Mulher - Não sei mexer naquela lata velha!
Homem - Lata velha? Comprei pra a gente mês passado!
Mulher - Tá..ok.. então leva o celular senão eu vou futricar...
Homem - Pode mexer então... não tem nada lá mesmo...
Mulher - É?
Homem - É.
Mulher - Então onde está?
Homem - O quê?
Mulher - O que deveria estar no celular mas não está...
Homem - Como!?
Mulher - Nada! Esquece!
Homem - Tá nervosa?
Mulher - Não... tô não...
Homem - Então vou!
Mulher - Ei!
Homem - O que ééééééé, caralho?
Mulher - Não quero mais sorvete não!
Homem - Ah é?Mulher - É!
Homem - Então eu também não vou sair mais não!
Mulher - Ah é?
Homem - É.
Mulher - Oba! Vai ficar comigo?
Homem - Não vou não... cansei... vou dormir!
Mulher - Prefere dormir do que ficar comigo?
Homem - Não... vou dormir, só isso!
Mulher - Está nervoso?
Homem - Claro, porra!!!
Mulher - Porque você não vai dar uma volta para espairecer?
Homem - Ah, vai to*&%# %@# (*&...

*VANTAGENS DE TER UM AMANTE*

Foi provado, após acompanhamento de vários casos, que toda mulher precisa de dois homens: um em casa e outro fora de casa.

Para entender, é muito simples:
1. O marido cuida da parte financeira, paga as contas dos filhos, da esposa e da casa.
1. O outro cuida de você.
1. O marido fala dos problemas, das contas a pagar, das dificuldades do dia.
1. O outro fala da saudade que sentiu de você durante a sua ausência.
1. O marido compra uma roupa nova para ir a um compromisso de trabalho.
1. O outro tira essa mesma roupa só pra você.
1. O marido dorme com aquela camiseta velha e de cueca as vezes até de meia.
1. O outro dorme completamente nu, abraçadinho a você.
1. O marido reclama das coisas que tem que consertar em casa.
1. O outro te recebe no apartamento onde tudo funciona perfeitamente.
1. O marido telefona pra casa e fica perguntando o que tem que comprar no supermercado, padaria e etc.
1. O outro telefona só pra dizer que comprou um champgne que você vai adorar.
1. O marido reclama do chefe, do trabalho, do cansaço de acordar cedo.
1. O outro reclama a sua ausência e os dias que fica sem te ver.
1. Ah...esqueci o imprescindível. ... o outro nunca vai tomar cerveja com os amigos numa sexta-feira! ! - ele estará com você enquanto o corno esta enchendo a cara com um monte de macho do lado.
Bem, você vai me perguntar : - Por que não trocar o marido pelo amante?
Pelo simples fato de que o amante se for viver com você, passará para o papel de marido e logo, logo, você precisará arrumar outro.

Conselho útil: Não seja egoísta guardando este texto apenas para você.
> > > Existe uma maldição que caso ele não seja transmitido a pelo menos cinco pessoas, em 10 minutos, você ficará só.
> > > Não deixe esta corrente parar.
> > > Você pode ajudar.
> > > Contamos com você!!!!!

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

A palavra mais rica da língua portuguesa:


M E R D A
(Nem o Aurélio definiu tão bem)

A palavra mais rica da língua portuguesa é a palavra MERDA .
Esta versátil palavra pode mesmo ser considerada um coringa da línguaportuguesa.

Vejam os exemplos a seguir:
1) Como indicação geográfica 1:Onde fica essa MERDA?
2) Como indicação geográfica 2:Vá a MERDA!
3) Como indicação geográfica 3:17h00minh - vou embora dessa MERDA.
4) Como substantivo qualificativo:Você é um MERDA!
5) Como auxiliar quantitativo:Trabalho pra caramba e não ganho MERDA nenhuma!
6) Como indicador de especialização profissional:Ele só faz MERDA.
7) Como indicativo de MBA:Ele faz muita MERDA.
8) Como sinônimo de covarde:Seu MERDA!
9) Como questionamento dirigido:Fez MERDA, né?
10) Como indicador visual:Não se enxerga MERDA nenhuma!
11) Como elemento de indicação do caminho a ser percorrido:Por que você não vai a MERDA?
12) Como especulação de conhecimento e surpresa:Que MERDA é essa?
13) Como constatação da situação financeira de um indivíduo:Ele está na MERDA...
14) Como indicador de ressentimento natalino:Não ganhei MERDA nenhuma de presente!
15) Como indicador de admiração:Puta MERDA!
16) Como indicador de rejeição:Puta MERDA!
17) Como indicador de espécie:O que essa MERDA pensa que é?
18) Como indicador de continuidade:Tô na mesma MERDA de sempre.
19) Como indicador de desordem:Tá tudo uma MERDA!
20) Como constatação científica dos resultados da alquimia:Tudo o que ele toca vira MERDA!
21) Como resultado aplicativo:Deu MERDA.
22) Como indicador de performance esportiva:O Corínthians não está jogando MERDA nenhuma!!!
23) Como constatação negativa:Que MERDA!
24) Como classificação literária:Êita textinho de MERDA!!!
25) Como qualificação de governo:O governo Bush só faz MERDA!
26) Como situação de 'orgulho/metidez':Ela se acha e não tem 'MERDA NENHUMA!'
27) Como indicativo de ocupação:Para você ter lido até aqui, é sinal que não está fazendo MERDA nenhuma!!!kkkkk

22 orgasmos femininos

> 01 - Asmática....................: Uhh... Uhhh... Uhhh...
> 02 - Geográfica..................: Aqui, aqui, aqui, aqui...
> 03 - Matemática.................: Mais, mais, mais, mais...
> 04 - Religiosa.....................: Ai meu Deus, ai meu Deus...
> 05 - Suicida........................: Eu vou morrer , eu vou morrer...
> 06 - Homicida.....................: Não pára, senão te maaaaaatoooo!!!!
> 07 - Suicida2......................: Acaba comigo, me mata, me mata !!!
> 08 - Sorveteira..................: Ai Kibon, ai Kibon, ai Kiboooon...
> 09 - Zootecnista.................: Vem, meu macho!!! Vem, meu Macho!!!
> 10 -Torcedora....................: Vai, vai, vai...
> 11 - Professora de Inglês.....: Ohhh!!! YES!!! Ohhh.... my God...
> 12 - Margarina...................: Que Delícia, que Delíííííícia...
> 13 - Negativa.....................: Não... Não... Não...
> 14 - Positiva......................: Siiiiiim... Siiiim... Siiiiim...
> 15 - Desbocada .................: 'Puta que pariu'... vai, 'filho da puta'... vai...
> 16 - Serpente Indiana.........: Ssssssssss......... Ssssssssss.........
> 17 - Professora..................: Sim... isso... por aí... exato... isso....
> 18 - Sensitiva....................: Tô sentindo... tô sentindo...
> 19 - Desinformada.............: O que é isso??? O que é isso???
> 20 - Degustadora................: Ai, gostoso... gostoso... gostoso...
> 21 - Cozinheira..................: Mexe... Mexe... Mexe...
> 22 - Casada.......................: Olha só... a empregada não limpou o lustre!

DIÁRIO ÍNTIMO DE UMA MULHER

DIA1. Celebramos hoje o 25º Aniversário de Casamento. Tentamos reviver a nossa lua-de-mel, mas ele não conseguiu...

DIA 2 Hoje ele contou-me o seu grande segredo: Está impotente!Grande novidade... Ele realmente pensa que eu ainda não sabia...

DIA 3 Este casamento vai mal... Uma mulher tem as suas necessidades.. DIA 4Estou entusiasmada... Li no jornal, que há uma nova droga no mercado, que pode resolver nosso problema. Chama-se Viagra. Ele vai substituir o Prozac pelo Viagra, na esperança que levante algo mais do que só o entusiasmo...

DIA 5. Uma benção dos céus!!!

DIA 6. A vida é maravilhosa!!

DIA 7. Tenho de confessar: O Viagra que tem sido muito bom!!! Nunca fui tão feliz!!!

DIA 8. Acho que ele exagerou na dose do Viagra neste fim de semana...Já começo a ficar um pouco dolorida nas partes baixas...

DIA 9.Não tenho tempo para escrever... Ele pode me pegar...

DIA 10.O.k., admito, estou escondida! É que não há mulher que agüentetanto!!! O que hei de fazer? Estou toda moída...

DIA 11.EU JÁ NÃO AGÜENTO MAIS!!! É o mesmo que ir para a cama com uma furadeira Black&Decker! Acordei, esta manhã, colada à cama!!!

DIA 12.Qem me dera que ele fosse viado... Deixei de me maquiar, tomar banho, escovar os dentes...Mas, mesmo assim, ele vem atrás de mim. Até bocejar, se transformou num perigo!

DIA 13.Cada vez que fecho os olhos, lá vem mais um ataque... Vivo com um míssil Scud! Já mal consigo andar..

DIA 14.Já fiz de tudo para ele me deixar em paz, mas não adianta...Até já me vesti como uma freira, mas ainda foi pior... Socorro!!!

DIA 15.Vou acabar por matá-lo... São umas dores infernais quando me sento... O cão e o gato fogem dele e os amigos nem se atrevem a aparecer em casa...

DIA 16.Hoje, sugeri-lhe que largasse o Viagra e voltasse a tomar o Prozac...Ele quase me bateu!!!

DIA 17.Eu coloquei Prozac na caixa do Viagra, mas parece que não fez efeito...Lá vem ele outra vez!!!

DIA 18GRAÇAS !!!! O Prozac começou finalmente a fazer efeito! Meu marido passa, agora, o dia inteiro sentado em frente à TV, com o controle remoto na mão, à espera de que eu lhe faça tudo...

COMIDA, CERVEJINHA,,FUTEBOL, FILMES...Ah! Que vida calma e maravilhosa!!!.

UM ALERTA PARA OS PAIS!!!

(desconheço o autor)


O que pode criar um monstro?
O que leva um rapaz de 22 anos a estragar aprópria vida e a vida de outras duas jovens por Nada?


Será que é índole? Talvez, a mídia? A influência da televisão? A situaçãosocial da violência? Traumas? Raiva contida? Deficiência social ou mental? Permissividade da sociedade?

O que faz alguém achar que pode comprar armas de fogo, entrar na casa deuma família, fazer reféns, assustar e desalojar vizinhos, ocupar a políciapor mais de 100 horas e atirar em duas pessoas inocentes?

O rapaz deu a resposta: "ela não quis falar comigo". A garota disse não,não quero mais falar com você. E o garoto, dizendo que ama, não aceitou um não. Seu desejo era mais importante.

Mas ontem, enquanto não conseguia dormir pensando nesse absurdo todo,pensei que o não da menina Eloá foi o único. Faltaram muitos outros nãosnessa história toda.

Faltou um pai e uma mãe dizerem que a filha de 12 anos NÃO podia namorar umrapaz de 19. Faltou uma outra mãe dizer que NÃO iria sucumbir ao medo e irlá tirar o filho do tal apartamento a puxões de orelha.

Faltou outros pais dizerem que NÃO iriam atender ao pedido de um policialmaluco de deixar a filha voltar para o cativeiro de onde, com sorte, játinha escapado com vida. Faltou a polícia dizer NÃO ao próprio planejamentoerrôneo de mandar a garota de volta pra lá. Faltou o governo dizer NÃO aosensacionalismo da imprensa em torno do caso, que permitiu que o talseqüestrador conversasse e chorasse compulsivamente em todos os programasde TV que o procuraram. Simples assim. NÃO. Pelo jeito, a única quedisse não nessa história foi punida com uma bala na cabeça.

O mundo está carente de NÃOs. Vejo que cada vez mais os pais e professoresmorrem de medo de dizer NÃO às crianças. Mulheres ainda têm medo de dizerNÃO aos maridos (e alguns maridos, temem dizer NÃO às esposas ). Pessoastêm medo de dizer NÃO aos amigos. Noras que não conseguem dizer NÃO àssogras, chefes que não dizem NÃO aos subordinados, gente que não conseguedizer NÃO aos próprios desejos. E assim são criados alguns monstros.Talvez alguns NÃO cheguem a seqüestrar pessoas. Mas têm pequenos surtosquando escutam um NÃO, seja do guarda de trânsito, do chefe, do professor,da namorada, do gerente do banco. Essas pessoas acabam crendo que abusaré normal. E é legal.

Os pais dizem, "NÃO posso traumatizar meu filho". E não é raro eu veralguns tomando tapas de bebês com 1 ou 2 anos. Outros gastam o que não têmem brinquedos todos os dias e festas de aniversário faraônicas para suascrias. Sem falar nos adolescentes.

Hoje em dia, é difícil ouvir alguém dizer NÃO, você não pode bater no seu amiguinho.

NÃO, você NÃO vai assistir a uma novela feita para adultos.

NÃO, você NÃO vai fumar maconha enquanto for contra a lei.

NÃO, você NÃO vai passar a madrugada na rua.

NÃO, você NÃO vai dirigir sem carteira de habilitação.

NÃO, você NÃO vai beber uma cervejinha enquanto não fizer 18 anos.

NÃO, essas pessoas NÃO são companhias pra você.

NÃO, hoje você NÃO vai ganhar brinquedo ou comer salgadinho e chocolate.

NÃO, aqui NÃO é lugar para você ficar.

NÃO, você NÃO vai faltar na escola sem estar doente.

NÃO, essa conversa NÃO é pra você se meter.

NÃO, com isto você NÃO vai brincar.

NÃO, hoje você está de castigo e NÃO vai brincar no parque.

Crianças e adolescentes que crescem sem ouvir bons, justos e firmes NÃOS crescem sem saber que o mundo NÃO é só deles. E aí, no primeiro NÃOque avida dá (e a vida dá muitos ) surtam. Usam drogas. Compram armas.Transam sem camisinha. Batem em professores. Furam o pneu do carrodo chefe. Chutam mendigos e prostitutas na rua. E daí por diante.

Não estou defendendo a volta da educação rígida e sem diálogo, pelocontrário. Acredito piamente que crianças e adolescentes tratados com umamor real, sem culpa, tranqüilo e livre, conseguem perfeitamente entenderuma sanção do pai ou da mãe, um tapa, um castigo, um NÃO. Intuem que o amordos adultos pelas crianças não é só prazer - é também responsabilidade. E quem ouve uns nãos de vez em quando também aprende a dizê-los quando épreciso. Acaba aprendendo que é importante dizer não a algumas pessoas quetentam abusar de nós de diversas maneiras, com respeito e firmeza, mesmoque sejam pessoas que nos amem. O NÃO protege, ensina e prepara.

Por mais que seja difícil, eu tento dizer NÃO aos seres humanos que cruzamo meu caminho quando acredito que é hora - e tento respeitar também os NÃOsque recebo. Nem sempre consigo, mas tento. Acredito que é aí que está averdadeira prova de amor. E é também aí que está a solução para aviolência cada vez mais desmedida e absurda dos nossos dias.

domingo, 9 de novembro de 2008

ESPERMOGRAMA

Um velhinho tinha que fazer espermograma. Foi a farmácia e comprou um potinho.

Chegando em casa, foi ao banheiro e tentou com a mão direita, tentou com a esquerda e até com as duas, e nada!

Então, chamou sua mulher. Ela tentou com a mão direita, tentou com a esquerda, com as duas e até com a bôca e também não conseguiu.

Não vendo outra opção, ela chamou a vizinha. Esta, querendo ajudar, mesmo bastante constrangida, tentou com a direita, com a esquerda, com as duas mãos, e muito sem graça, pediu licença e tentou com a bôca, mas não obteve sucesso!

A vizinha, não se dando por vencida, chamou a filha que tinha 18 aninhos, era a menina mais encantadora do bairro. E mais uma vez repetiram-se as tentativas.. . uma mão, outra, as duas, com a bôca, mas... não conseguiu....

Ahhh hh... o velhinho triste, 'cabeça baixa', voltou a farmácia e devolveu o potinho dizendo:

- 'Dá pro senhor me ver outro potinho porque, lá em casa, ninguém conseguiu abrir este!!!'

(MENTE POLUÍDA A SUA, HEIN!?)

Namorada, amante e esposa

Três mulheres, uma noiva, uma casada e uma amante, decidiram fazer umabrincadeira: seduzir seus homens usando uma capa, corpete de couro, máscaranos olhos, botas de cano alto, pra depois dividir a experiência entre elas.

No dia seguinte, disse a noiva:
- Quando meu namorado me viu usando o corpete de couro, botas com 12cmdesalto e máscara sobre os olhos, me olhou intensamente e disse: Você é amulher da minha vida, eu te amo'. E fizemos amor apaixonadamente.

A amante contou a sua versão:
- Encontrei meu amante no escritório, com o equipamento completo! Quandoabri a capa, ele não disse nada, me agarrou e trepamos a noite toda, namesa, no chão, de pé, na janela, até no hall do elevador!

E aí a casada contou sua história:
- Mandei as crianças para a casa da minha mãe, dei folga pra empregada,fizdepilação completa, as unhas, escova, passei creme no corpo inteiro,perfumeem lugares estratégicos, e caprichei: capa preta, corpete de couro,botascom salto de 15 cm, máscara sobre os olhos e um batom vermelho que nuncatinha usado. Pra incrementar, comprei uma calcinha de licra preta com umlacinho de cetim no ponto G!
Ainda apaguei todas as luzes da casa edeixeisó velas iluminando tudo.
Meu marido chegou, me olhou de cima abaixo e disse:
Fala aí, Batman, o que temos para o jantar?

AS PORCAS DO FAZENDEIRO

Um fazendeiro, preocupado porque suas porcas não ficavam prenhas, ligou para o veterinário, que disse ao fazendeiro que era preciso fazer INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL.

O fazendeiro não tinha a menor idéia do que era isso, mas não querendo demonstrar ignorância, apenas perguntou como saberia se as porcas estavam mesmo prenhas, e o veterinário disse:
- As porcas prenhas passam o dia mergulhadas na lama...

O fazendeiro pensou e concluiu que na inseminação artificial, deveria ser que ele mesmo teria que emprenhar as porcas.

Colocou as porcas numa Kombi, foi para o meio do mato, transou com cada uma delas e voltou para a fazenda...

Na manhã seguinte, viu que as porcas não estavam na lama e resolveu fazer tudo de novo...

Colocou as porcas na Kombi, foi para o meio do mato,transou o dia inteiro com elas e voltou para a fazenda.

Na manhã seguinte, ele foi ver as porcas, e nada...

Elas não mergulhavam na lama.

Então ele colocou as porcas na Kombi de novo, foi para o meio do mato.

Transou várias vezes, com cada uma delas e voltou para fazenda.

Na manhã seguinte ele estava exausto, nem conseguia levantar e pediu à mulher para dar uma olhada e ver se as porcas estavam mergulhadas na lama.

- Não! Elas estão todas na Kombi e uma delas não pára de buzinar...

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

TIPOS DE NAMORADOS

Namorado BLOG: a maioria deles é ruim e não serve para absolutamentenada. Alguns são feios que dói, mas o conteúdo é bom, então você encara. Alguns têm boa aparência, mas o conteúdo é péssimo, então nãodura muito. De qualquer maneira, em algum momento você vai ter um.

Namorado computador do milhão: sempre tem um disponível. Todo mundo tealerta que a qualidade é duvidosa, mas ainda assim tem gente quearrisca. No início, serve pra quebrar um galho, mas logo logo você searrepende.

Namorado antivírus: vive vasculhando a sua vida pra tentar achar acharalgo suspeito, e acha.

Namorado e-mail: se faz presente várias vezes por dia, mas 90% dasvezes, não lhe diz nada de útil.

Namorado disquete: - Está ultrapassado há anos, mas tem gente queinsiste em ter. Conteúdo limitado, não serve pra quase nada hoje emdia! Mas você ainda encontra mulher dizendo que é bom.

Namorado no-break: está alí pra te dar uma força quando você precisa,mas não aguenta muito tempo, só uns 10 minutinhos.

Namorado impressora matricial: faz mais barulho do que serviço. Extremamente lerdo e ultrapassado, mas é melhor que não ter.

Namorado impressora a Laser: bonitão e moderninho. Você pensa que estáfazendo um ótimo negócio, mas na hora do "vamover", descobre que ele émuito rápido, quando você pensa que a impressão tá entrando, naverdade ela já saiu e o equipamento já foi automaticamente desligado.

Namorado Windows: todo mundo diz que não presta, mas você não vive semele. Muitas vezes também confundido com o namorado cd-rom.

Namorado CD-ROM: extremamente rodado, sua irmã, sua amiga, sua prima,sua vizinha e toda torcida do flamengo já experimentou, mesmo assimvocê também quer testar.

Namorado Linux: faz tudo que você precisa, mas requer habilidade paramanuseio. Normalmente todas as suas amigas o odeiam.

Namorado Mouse: só funciona quando é arrastado e apertado. Mas quem éque vive sem ele?

Namorado papel de parede: não serve pra nada, mas é bonitinho.

Namorado proteção de tela: solta as asinhas toda vez que você não estápresente. Pensa que ninguém tá vendo, mas sempre tem um pra comentardepois.

Namorado provedor de internet: vive cheio de problemas e está sempreocupado demais pra te ouvir.

Namorado Firefox: com o tempo foi ficando pesado. Mas mesmo gordinho,você prefere continuar com ele.

Namorado Internet Explorer: mesmo que você tenha deixado de usardevido as outras opções disponíveis no mercado, ele sempre estará lápra ocupar espaço. Não dá pra se livrar dele sem abrir mão de muitasoutras coisas. Esse tipo namorado é conhecido em algumas culturas comoMARIDO.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

NEOQEAV




Meus avós já estavam casados há mais de cinqüenta anos e continuavam jogando um jogo que haviam iniciado quando começaram a namorar.

A regra do jogo era que um tinha que escrever a palavra "Neoqeav" num lugar inesperado para o outro encontrar e assim quem a encontrasse deveria escrevê-la em outro lugar e assim sucessivamente.
Eles se revezavam deixando "Neoqeav" escrita por toda a casa, e assim que um a encontrava era sua vez de escondê-la em outro local para o outro achar.
Eles escreviam "Neoqeav" com os dedos no açúcar dentro do açucareiro ou no pote de farinha para que o próximo que fosse cozinhar a achasse.
Escreviam na janela embaçada pelo sereno que dava para o pátio onde minha avó nos dava pudim que ela fazia com tanto carinho.
"Neoqeav" era escrita no vapor deixado no espelho depois de um banho quente, onde a palavra iria reaparecer depois do próximo banho.
Uma vez, minha avó até desenrolou um rolo inteiro de papel higiênico para deixar "Neoqeav" na última folha e enrolou tudo de novo.
Não havia limites para onde "Neoqeav" pudesse surgir.
Pedacinhos de papel com "Neoqeav" rabiscado apareciam grudados no volante do carro que eles dividiam.
Os bilhetes eram enfiados dentro dos sapatos e deixados debaixo dos travesseiros.
"Neoqeav" era escrita com os dedos na poeira sobre as prateleiras e nas cinzas da lareira.
Esta misteriosa palavra tanto fazia parte da casa de meus avós quanto da mobília.
Levou bastante tempo para eu passar a entender e gostar completamente deste jogo que eles jogavam.
Meu ceticismo nunca me deixou acreditar em um único e verdadeiro amor, que possa ser realmente puro e duradouro.
Porém, eu nunca duvidei do amor entre meus avós.
Este amor era profundo.
Era mais do que um jogo de diversão, era um modo de vida.
Seu relacionamento era baseado em devoção e uma afeição apaixonada, igual as quais nem todo mundo tem a sorte de experimentar.
O vovô e a vovó ficavam de mãos dadas sempre que podiam.
Roubavam beijos um do outro sempre que se batiam um contra outro naquela cozinha tão pequena.
Eles conseguiam terminar a frase incompleta do outro e todo dia resolviam juntos as palavras cruzadas do jornal.
Minha avó cochichava para mim dizendo o quanto meu avô era bonito, como ele havia se tornado um velho bonito e charmoso.
Ela se gabava de dizer que sabia como pegar os namorados mais bonitos.
Antes de cada refeição eles se reverenciavam e davam graças a Deus e bençãos aos presentes por sermos uma família maravilhosa, para continuarmos sempre unidos e com boa sorte.
Mas uma nuvem escura surgiu na vida de meus avós: minha avó tinha câncer de mama.
A doença tinha primeiro aparecido dez anos antes.
Como sempre, vovô estava com ela a cada momento.
Ele a confortava no quarto amarelo deles, que ele havia pintado dessa cor para que ela ficasse sempre rodeada da luz do sol, mesmo quando ela não tivesse forças para sair.
O câncer agora estava de novo atacando seu corpo.
Com a ajuda de uma bengala e a mão firme do meu avô, eles iam à igreja toda manhã.
E minha avó foi ficando cada vez mais fraca, até que, finalmente, ela não mais podia sair de casa.
Por algum tempo, meu avô resolveu ir à igreja sozinho, rezando a Deus para zelar por sua esposa.
Então, o que todos nós temíamos aconteceu.
Vovó partiu.
"Neoqeav" foi gravada em amarelo nas fitas cor-de-rosa dos buquês de flores do Funeral da vovó.
Quandos amigos começaram a ir embora, minhas tias, tios, primos e outras pessoas da família se juntaram e ficaram ao redor da vovó pela última vez.
Vovô ficou bem junto do caixão da vovó e, num suspiro bem profundo, começou a cantar para ela.
Através de suas lágrimas e pesar, a música surgiu como uma canção de ninar que vinha bem de dentro de seu ser.
Me sentindo muito triste, nunca vou me esquecer daquele momento.
Porque eu sabia que mesmo sem ainda poder entender completamente a profundeza daquele amor, eu tinha tido o privilégio de testemunhar beleza sem igual que aquilo representava.
Aposto que a esta altura você deve estar se perguntando:
"-Mas o que Neoqeav significa?".
Não está ?
Nunca Esqueça O Quanto Eu Amo Você = "NEOQEAV"

sábado, 11 de outubro de 2008

REMÉDIOS

Remédios que deveriam estar nas prateleiras de todas as farmácias:

eu conheço algumas pessoas que precisam de alguns desses remédios... rsssss

SEMANCOL ®
Indicações: Tratamento da falta de noção em geral.
Contra-Indicações: Não há. Um pouco de Semancol ® provou-se benéfico a quaisquer usuários.
Efeitos colaterais: Foram relatados alguns casos em que o uso de Semancol ® gera uma forte depressão logo nas primeiras semanas de uso.
Normalmente porque o paciente passa a perceber o que fazia/era antes, então surta.
Exemplos: 'Oh, meu Deus. Eu usava mesmo a bota por cima da calça?!? Quero morreeeeeer!'

CHÁ DE SUMIÇO ®
Indicações: Medicamento fitoterápico indicado em caso de incômodos agudos de fonte externa. Um saquinho de Chá de Sumiço é capaz de fazer o paciente desaparecer por completo durante um período de duas a três horas.
Contra-Indicações: Não endossamos o uso do chá em casos de: perseguição policial, teste de paternidade, casamentos (civil ou religioso), dia de prova de matemática.
Efeitos colaterais: Após passar o efeito do chá, é comum que o problema externo ainda se mostre presente. Após o consumo do chá e ao fim do seu efeito, alguns pacientes relataram dor de cabeça por conta da chuva de perguntas do tipo 'onde raios você se meteu???'
ESQUECIL ®
Indicações: Problemas de coração partido, traumas em geral, Copa do Mundo de 2006.
Contra-Indicações: Pessoas casadas, garçons, gestantes loiras (podem esquecer da gravidez e acabar fazendo uma lipo na barriga).
Efeitos colaterais: Esquecil apaga completamente a memória recente. Cuidado com a superdosagem! Há casos de usuários políticos de Esquecil® que alegaram não saber de nada!
DESGARGALHOL ®
Indicações: Muito indicado em casos de crises de riso súbitas e inapropriadas, como em velórios, missas, reuniões em que o chefe tem um feijãozinho no dente.
Contra-Indicações: Para os momentos em que o chefe resolve contar piadinhas sem graça, para pessoas que trabalham como claque, mulatas globeleza e o Bira (do Programa do Jô).
Efeitos colaterais: O uso contínuo endurece as feições, além de tornar a vida bem mais chata.
CTRL+ZOL ®
Indicações: Gafes e similares. Perfeito naqueles momentos logo após falar uma besteira tão grande que você tem vontade de arrancar sua cabeça, colocar num saco de papel e enterrar no quintal.
Contra-Indicações: Não indicamos a aplicação do medicamento em promessas políticas, no pôquer e nem durante partidas de futebol - principalmente se está jogando seu time favorito.
Efeitos colaterais: A superdosagem trava o sistema nervoso central, sendo obrigatório o uso do medicamento Ctrl+Alt+Delina ®.

FICABONZIN ®
Indicações: Criancinhas mal-criadas e/ou hiperativas, em qualquer idade. Ficabonzin ® tem em sua fórmula Pesabundil , um composto capaz de criar uma sensação de peso nas nádegas dos pestinhas, mantendo-os sentadinhos no lugar, sem quebrar nada. Contém também antipentelhomicina, que provoca paralisia completa das cordas vocais, impedindo berros e manhas.
Contra-Indicações: Adultos do sexo masculino, que com o tempo passam a produzir espontaneamente Pesabundil em seu organismo. Se você der Ficabonzin® a um adulto destes, nunca mais o inútil se levanta do sofá.
Efeitos colaterais: Maridos que usam Ficabonzin® em suas esposas, com o intuito de calá-las e fazê-las ir menos ao shopping, devem tomar cuidado quando acaba o efeito porque elas podem querer te matar.

Tipos de sogras - escolha a sua

SOGRA TRANQUILA
Nome Científico: Sogronis nadelas
Uma espécie bem resolvida.
Deixa o filhote livre para namorar sem fazer perguntas.
E ainda serve chá com biscoitos quando a conhece.
Migra varias vezes por ano, deixando a casa liberada





SOGRA JARARACA
Nome Científico: Sogronis peçonhentus
Essa é um perigo.
Sua língua venenosa acaba com as tentativas de namoro do filhote; o tipo mais comum



SOGRA QUERIDA
Nome Científico : Sogronis simpaticcus
Espécie amorosa, que adota as namoradas, escuta seus problemas e torce pelo namoro.
Rara e em extinçao, quem captura não solta.
SOGRA INTROMETIDA
Nome Científico : Sogronis enxeridis
Se mete quando voc ê menos espera e adora elogiar a ex-namorada dele.
Vence sua presa no cansaço.
Costuma ir morar com o filhote quando ele se casa
SOGRA DUPLA FACE
Nome Científico : Sogronis falsidis
Faz a linha fina, mas na real quer puxar seu tapete.
Nunca faz nada contra você perto do filhote, para que ele não acredite nas suas reclamações.
SOGRA FASHION
Nome Científico : Sogronis modernetes
Ela não quer saber quem é você, mas o que você veste.
Se você for básica, já era!
Para ela, nora ideal usa scarpin com meia, customiza o uniforme e faz artesanato com copo de requeijão.
SOGRA TRABALHADORA
Nome Científico: Sogronis workaholic
Ela tem três empregos, faz hidroginástica, adora levar trabalho pra casa e, quando você aparece, te põe pra trabalhar.
Para ela, nora ideal tem que fazer tudo o que ela faz e ainda estar sempre sexy e bem-humorada.
Para o filhote dela isso é o mínimo.


SOGRA IDEAL
Nome Científico: Sogronis defuntus
Está enterrada a pelo menos 7 palmos do chão


CRISE MASCULINA

Quando eu completei 25 anos de casado , introspectivo, olhei para minha esposa e disse:

-Querida, 25 anos atrás nós tínhamos um fusquinha, um apartamento caindoaos pedaços, dormíamos em um sofá-cama e víamos televisão em uma TV preto ebranco de 14 polegadas .

Mas, todas as noites, eu dormia com uma loira de25 anos.

E continuei:

-Agora nós temos uma mansão, duas Mercedes, uma cama super King size e umaTV de plasma de 50 polegadas , mas eu estou dormindo com uma senhora de 50anos. Parece-me que você é a única que não está evoluindo.

Minha esposa, que é uma mulher muito sensata, disse-me então, sem sequerlevantar os olhos do que estava fazendo:

-Sem problemas. Saia de casa e ache uma loira de 25 anos de idade quequeira ficar com você.
Se isso acontecer, com o maior prazer eu farei com que você, novamente,consiga viver em um apartamento caindo aos pedaços, durma em um sofá-cama enão dirija nada mais do que um fusquinha.

Sabe que fiquei curado da minha crise de meia-idade?
Essas mulheresmaduras são realmente demais!

Meiforgada

O mineirinho acompanha a esposa ao médico, que faz o diagnóstico:

- Meu senhor, sua esposa está precisando de verdura, ferro e cálcio.

E o mineirinho:

- Uai, dotô... Ver dura, ela tá sempre veno.

- Ferro, leva quastodia.

- Agora, se o senhor pudé colocá um carcio, eu agardeço pruque ela tá meiforgada memo...!!!

















quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Aprendi que....

Aprendi que não é o que você tem na sua vida, mas quem você tem em sua vida.
Aprendi que não importa quanto uma pessoa é boa, vai te machucar de vez em quando, e você precisa perdoá-lo por isto.
Aprendi que conversar pode amenizar as dores emocionais.
Aprendi que leva anos para criar confiança, e somente segundos para destruí-la.
Aprendi que você pode fazer uma coisa em um instante que lhe dará dor no coração por toda a sua vida.
Aprendi que não precisamos mudar de amigos se entendemos que amigos mudam.
Aprendi que as pessoas que gostamos mais são tiradas de nós cedo demais.
Aprendi que sempre deve se despedir daqueles que amamos com palavras de amor. Pode ser a última vez que o veremos.
Aprendi que nossas raízes e circunstâncias podem ter influenciado o que somos, mas somos responsáveis por nós mesmos.
Aprendi que não importa quanto mais fina a fatia sempre existem dois lados.
Aprendi que é muito mais fácil reagir do que pensar.
Aprendi que ou você controla a sua atitude, ou você é controlado por ela.
Aprendi que ter paciência exige muita prática.
Aprendi que existem pessoas que lhe amam muito, mas simplesmente não sabem mostrá-lo.
Aprendi que as vezes quando estou zangado eu tenho o direito de estar zangado, mas que isto não me dá o direito de ser cruel.
Aprendi que simplesmente porque uma pessoa não lhe ama da maneira que você quer que ele/ela ame, não quer dizer que ele/ela não lhe ama com tudo o que ele/ela tem.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Convênio

Relação dos convênios que estou aceitando:

AFFEGO
ASETE (ASTE)
ASFUB
CASEC (CODEVASF)
CNTI
EMBRATEL
FAPES (BNDES)
FASCAL
FURNAS
GAMA SAÚDE
GEIPOT (SUSPENSO)
INFRAERO
IRB
MEDISERVICE
PLAN ASSISTE (MPDFT)
PLAN ASSISTE (MPF)
PLAN ASSISTE (MPM)
PLAN ASSISTE (MPT)
SIS
STM (PLAS/JMU)
TRE
TRF
TRT
TST-SAÚDE
UNAFISCO (SINDIFISCO)
UNIBANCO
UNIMED CONFEDERAÇÃO

Confira a lista atualizada:
http://www.amhpdf.com.br/relacao.asp?acao=rel_psico

Como elaborar um currículo

Andrea Pepino da Silva Nazareth Patrocinado por Adesivo Command


Mesmo que você esteja com um bom emprego, sempre é bom sondar como está o mercado de trabalho. Saiba como valorizar seus pontos fortes e evitar alguns tropeços na preparação do seu currículo.

Passo a passo:

Planejamento:
1. Seja específico. Não mande currículos padronizados. Para cada empresa que enviar, mostre como você pode se encaixar lá. Lembre-se que nenhuma posição ou vaga é igual a outra. Analise cada uma das oportunidades que aparecem e faça as adaptações necessárias, personalizando-o para cada tipo de oportunidade surgida e valorizando mais ou menos determinados aspectos de seus dados, conforme o perfil proposto pelo requisitante.

2. Preocupe-se em relatar apenas as informações solicitadas e aquilo em que você realmente é bom e tem de melhor. Dê ênfase às informações pertinentes ao cargo, vaga ou posição que você está se candidatando.


Conteúdo:
1. Dados pessoais: Comece o seu currículo com o seu nome em destaque e os seus dados pessoais, que devem ser: endereço completo e telefones (residência, celular e para recado), e-mail, estado civil e data de nascimento. O estado civil e a data de nascimento não são obrigatórios.

2. Objetivo. Cite apenas o objetivo profissional que tem na empresa, considerando a área e o cargo que pretende. Nada de objetivos pessoais, que vão demonstrar somente sua falta de foco.

3. Formação acadêmica: Nada de relatar todo o seu histórico escolar, coloque somente o último
ano que você cursou ou o curso que você concluiu, informe quando começou (ano) e quando (ano) terminou e a instituição.
Aprimoramento profissional: Coloque, em ordem cronológica inversa (do mais recente para o mais antigo), os cursos de especialização, extensão ou técnico que você possui, mas não se esqueça que o selecionador provavelmente é leigo no assunto, portanto evite termos técnicos e atenha-se ao essencial. Informe somente os cursos mais recentes, pois a tecnologia evolui rapidamente e certas técnicas caem em desuso. As palestras, seminários também devem entrar no curriculum logo após os cursos.

4. Experiência: O seu histórico profissional deve conter somente os três últimos empregos ou os que forem definidos como sendo os mais importantes para a vaga em aberto. Coloque, em ordem cronológica inversa (do mais recente para o mais antigo). Relate a empresa, o cargo ocupado, um resumo das tarefas desempenhadas e o tempo de serviço. Coloque também realizações e conquistas, se relevantes. Não explique porque deixou os empregos anteriores e porque não está contente com o atual. Isso pode ser perguntado na entrevista.

5. Outras habilidades: Relacione as línguas que conhece e qual o nível, seus conhecimentos em microinformática e qualquer outra informação que seja relevante como prêmios ou outras realizações não mencionados no seu histórico profissional.

6. Informe a pretensão salarial, ou o último salário, somente se forem solicitados pela empresa.

7. Date e assine o seu currículo, sempre que enviá-lo para alguém.
Exemplo:
A seguir um modelo de curriculum. Outros modelos que podem ser utilizados são os oferecidos pelo Office do Windows.


NOME DO CANDIDATO
Endereço: CEP: Cidade/estado: E-mail:
Tel.: Comercial: Tel.: Residencial: Tel.: Celular
Idade: Estado civil:
I. Áreas de Interesse ou Objetivo
II. Formação Acadêmica (Grau de Escolaridade)
19XX/19XX Graduação em ......
pela Universidade .......
III. Aprimoramento Profissional
Cursos, seminários, palestras e outros
Trabalhos publicados
IV. Histórico Profissional
Empregos (No máximo 3)
01/19XX a ...
Nome da empresa
Cargo:
Atividade desenvolvidas:
Cidade-UF mês/ano.
ou Estágios (No máximo 3)
01/19XX a ...
Nome da empresa
Estagiário em ...
Atividade desenvolvidas:
__________________________
( Nome e Assinatura do Candidato)


Forma:
1. Utilize o recurso de frases curtas, no máximo de três linhas, adotando um estilo direto, objetivo, claro e sucinto.
O selecionador quer saber se o candidato é capaz de fazer aquilo que a empresa precisa e não como ele faz isso. Currículos que serão colocados em sites de recolocação na Internet devem ser mais concisos do que nunca.

2. O texto do curriculum deve ser claro e objetivo, pois o selecionador tem muitos currículos para analisar e não pode perder tempo.

3. Pense muito bem antes de encaminhar um currículo com mais de duas folhas, ainda que você tenha qualificações e outras habilidades para encher um livro. Utilize no máximo três folhas em qualquer hipótese.

4. Evite parágrafos longos (com mais de 5 linhas) e dê um bom espaço entre as linhas, pois um texto muito carregado dificulta a leitura.

5. Você pode escolher um outro tipo de letra em seu micro, diferente da que acompanha o software, mas sempre escolha uma que facilite a leitura, bem como dê ao seu currículo uma sóbria, elegante e adequada aparência.

6. O tipo de papel que você escolher para imprimir seu currículo pode fazer uma enorme diferença na aparência e estética geral. Experimente, por exemplo, usar papel de outras cores claras (azul, verde, amarelo, rosa etc. ), de outra gramatura, ou de outro tipo (ex: vergê ).

7. Dê preferência ao formato de papel A4, caso contrário o arquivamento por parte da empresa será prejudicado.

8. Use envelope grande, evitando que seu currículo chegue amassado ou dobrado.

9. Nada de encadernação, capa ou plastificação.

10. Evite fotocópias, principalmente as de má qualidade. Use a impressora.

11. Antes de encaminhar o currículo, leia-o e releia-o para se assegurar de que não há erros de
qualquer espécie. Não confie apenas no corretor de texto.

12. Encaminhe-o, preferencialmente, pelo correio. Evite fax, pois compromete a aparência.

Atenção:
1. Você pode anexar a seu currículo uma carta explicitando as razões que o levaram a enviá-lo, e em curtas palavras, demonstrar as razões de seu especial interesse pela posição em disputa. A carta, se bem redigida, pode ajudar na apresentação de seu currículo, despertando mais interesse no selecionador.

2. Nunca minta. Mentiras nunca são perdoadas ou relevadas, mesmo que descobertas após você conseguir a vaga.

3. Nunca junte cartas de referências ou certificados de conclusão, de qualquer espécie, por melhor que sejam. Apresente estes documentos somente quando solicitados.

4. Não envie fotos junto com o seu currículo, exceto quando solicitado. Se for o caso, use o bom senso. Envie uma foto séria, lembre-se que está em um ambiente profissional.

5. Não faça correções do currículo a mão e nem deixe borrões.

6. Currículo é um documento sério. Nada de expressões informais e gírias. Não queira parecer engraçado e demonstrar bom humor com brincadeiras ou piadinhas. Não use exclamações ou manifestações emocionais

7. Não coloque informações detalhistas.

8. Não cite hobbies pessoais no currículo.

9. Um currículo bem feito não é garantia para se conseguir um emprego. Mas, com um currículo mal preparado, a chance de você ser descartado na primeira seleção é enorme.

Texto publicado nos sites:
http://www.efectiva.adm.br/dicas/dicas.asp http://www.bauqnaofecha.blogger.com.br/2005_02_01_archive.html
http://www.sabido.com.br/

Meu Currículo, meu aliado!

Pessoal, como nós sabemos existe uma dificuldade imensa em elaborar um currículo.
Encontramos questionamentos muito freqüentes:
Será que acrescento isso?
Será que esqueci de incluir algo?
Coloco ou não referencias pessoais?
Quais documentos?

Com certeza amigo leitor você já foi alvo dessas duvidas ao elaborar um currículo. O currículo é o registro da sua história profissional, é a sua propaganda , é um documento que deve ser elaborado para destacar suas habilidades e realizações. Mesmo estando em início de carreira, o acadêmico e o profissional recém-formado devem ter os mesmos cuidados de um profissional ao elaborar o seu currículo.

Na maioria das vezes o estudante não atua, ou atuou na área de interesse, então ele deve destacar o seu potencial, mencionando os conhecimentos que adquiriu durante a fase de faculdade, valorize o currículo incluindo atividades não-remuneradas, participação em empresa júnior, centro acadêmico, estágios, projetos especiais, pesquisas e trabalhos voluntários, de forma que desperte o interesse do empregador de alguma forma.

Agora, com relação a estética e a elaboração, é bom seguir alguns critérios:

• Não mande currículos padronizados, direcione o seu currículo de acordo com a empresa que irá pleitear a vaga.

• Coloque seus dados pessoais,o seu nome, seu endereço, e-mail e números de telefone.

• Cite apenas o objetivo profissional que tem na empresa, considerando a área e o cargo que pretende.

• Não é necessário inserir todo o seu histórico escolar, coloque somente o último ano que você cursou , ou o curso que você concluiu, ou ainda o curso que está em andamento.

• Informe quando começou [ano] e quando [ano] concluiu ou irá concluir e a instituição.

• Informe os cursos que você fez para seu aprimoramento profissional, faça isso colocando-os em ordem cronológica[do mais recente para o mais antigo].Isso inclui palestras e seminários.

• O seu histórico profissional deve conter somente os três últimos empregos ou os que forem definidos como sendo os mais importantes para a vaga em aberto.

• Coloque, em ordem cronológica inversa [do mais recente para o mais antigo]. Relate a empresa, o cargo ocupado, um resumo das tarefas desempenhadas e o tempo de serviço. Coloque também realizações e conquistas, se relevantes.

• Coloque também informações sobre conhecimentos e fluências em outra línguas e aplicativos de informática.

• E uma última dica que aprendi com a psicóloga Andréa Pepino: “ O tipo de papel que você escolher para imprimir seu currículo pode fazer uma enorme diferença na aparência e estética geral. Experimente, por exemplo, usar papel de outras cores claras [azul, verde, amarelo, rosa etc. ], de outra gramatura, ou de outro tipo [ex: vergê ].”

Agora é só acreditar no seu POTENCIAL, planejar e organizar os dados, que você terá um currículo pronto e “atraente”. Que a sua vida seja abundante em realizações.

Adm. Rogério Mesquita www.rogeriomesquita.com.br

Cirurgia light de estômago: menos risco e bom resultado

JORNAL DO BRASIL (RJ)

Procedimento cirúrgico para obeso se torna menos invasivo e arriscado
Ingrid Nalu

Revolução na vida de pessoas com obesidade mórbida, a cirurgia bariátrica, hoje, é um procedimento cirúrgico menos invasivo e arriscado para o paciente. A redução do estômago, técnica by pass, em que parte do órgão é mutilado e descartado, deve se tornar em breve coisa do passado. As cirurgias modernas não cortam o estômago, são feitas por videolaparoscopia ou endoscopia e descartam internação em UTI, além de serem reversíveis e ajustáveis durante o tratamento. É o caso das técnicas de banda gástrica ajustável e de implante de balão inflado no estômago. A primeira consiste na instalação de um anel de silicone na primeira porção do estômago, reduzindo a quantidade de alimentos ingeridos pelo paciente. Ainda pouco divulgada, em comparação com a by pass técnica mais utilizada pelos cirurgiões brasileiros -, ela é a preferida dos especialistas europeus e australianos. O risco da banda sair do lugar ou ser englobada pelo estômago é de apenas 2%. Nesses casos, uma nova intervenção resolve o problema. O balão inflado é uma peça de silicone preenchida com soro fisiológico e anilina. Introduzida por endoscopia, a bola ocupa até 50% do estômago, fazendo com que a sensação de saciedade chegue antes que o paciente se empanturre de comida.O balão é retirado após seis meses, período em que o paciente se submete a uma reeducação alimentar para não voltar a engordar, após a retirada do implante. Se o balão furar, o que representa 2% dos casos, a anilina contida no invólucro alerta o paciente, que é submetido a uma endoscopia. Como é de pouco impacto sobre o organismo, pode ser adotado até por quem precisa perder pouco peso, entre oito e 25 quilos. Mas é preciso arcar com os custos, em torno de R$ 9 mil, não cobertos pelos convênios por ser considerado tratamento estético.

Sobrecarga perigosa

As cirurgias bariátricas são indicadas para pacientes que atingem o estágio em que a obesidade traz riscos à saúde, como o desenvolvimento de diabetes, hipertensão arterial, gordura no fígado e apnéia do sono, entre outros males. A obesidade mórbida - quando o índice de massa corpórea (IMC) ultrapassa 40 - pode levar à morte. Por isso, os planos de saúde foram obrigados pela resolução nº 82 da Agência Nacional de Saúde (ANS) a arcar com os custos da cirurgia, que pode ser indicada pelos médicos para pessoas com IMC a partir de 35. Essas cirurgias são classificadas em três tipos: restritivas - restringem a quantidade de alimento que entra no estômago - como a técnica que usa banda gástrica regulável; desabsortivas - impedem a absorção de nutrientes como a técnica by pass; e as mistas, que mesclam as duas técnicas. Com a evolução nas técnicas, a redução do estômago hoje é recomendada para pessoas muito obesas, que precisam perder muito peso, como os pacientes acima de 160 kg, sobretudo mulheres, que perdem menos peso com a banda gástrica, por causa do estilo de alimentação. Segundo o cirurgião Walter Pires Júnior, especialista em cirurgias pelo método de banda gástrica regulável, o problema da redução é que, após alguns anos, há uma tendência a ganhar peso, pois o pedaço de estômago que restou tende a dilatar. Para ele, a reversibilidade é uma das grandes vantagens da banda gástrica. E há ainda a possibilidade de ajustes. Após colocada, a banda pode ser regulada por um dispositivo implantado sob a pele do paciente, chamado portal de acesso.

Efeitos colaterais

Por essa peça, ligada a um duto que transporta soro fisiológico para a banda, o médico pode inflar ou desinflar o dispositivo, permitindo a passagem de maior ou menor quantidade de comida. Se a pessoa está emagrecendo menos do que o desejado, pode-se injetar mais soro fisiológico, inflando assim o anel de silicone e estreitando a passagem para alimentos. O aspecto emocional de quem se submete à cirurgia merece cuidados. Segundo o cirurgião, são comuns os casos de pacientes que desenvolvem problemas psiquiátricos após uma cirurgia bariátrica. Entre os mais comuns estão o alcoolismo, a depressão e distúrbios alimentares.

Anorexia nervosa

Walter Pires Júnior cita o caso de uma paciente que desenvolveu anorexia nervosa, emagrecendo excessivamente. Graças à possibilidade de reversão propiciada pela banda, o problema foi solucionado apenas com a remoção do dispositivo. - Era um caso psicológico. Felizmente, foi resolvido apenas com a retirada da banda. Se fosse uma cirurgia pelo método by pass, isso não seria possível - compara o cirurgião.

Um empurrão que proporcionou vida nova
Da Redação

Com o ponteiro da balança batendo em 120 kg, a vida da psicóloga Andréa Pepino da Silva, 38 anos, havia se tornado penosa por causa da obesidade. Com um quadro clínico preocupante, causado pelo excesso de peso, ela ouviu da cardiologista um ultimato assustador: ou emagrecia ou corria o risco de morrer. Foi aconselhada a fazer a cirurgia de redução de estômago. Mas o medo da intervenção cirúrgica e a idéia de ter um órgão do corpo mutilado assustavam-na. Foi quando tomou conhecimento da banda gástrica regulável. Foi o empurrão que faltava a Andréa para começar uma nova vida. - Eu não saía mais de casa. Chorava toda vez que tentava comprar roupas. Sentia dores e tive uma depressão grave - relembra Andréa.

Dez quilos em um mês

Um mês após a cirurgia, ela per- deu 10 kg. Parece pouco, para quem pesava 120 kg, mas foi decisivo para a adesão da psicóloga ao tratamento, que exige grandes doses de sacrifício e disciplina. De refeições em torno de 700 gramas, Andréa passou a ingerir porções de 50 ml de alimento líquido ou pastoso. - Durante uma semana, tive delírios visuais e auditivos, via comida nas paredes - conta. - Tive que descobrir como me saciar, pois eu não tinha fome, mas vontade de comer. Para Andréa, a maior dificuldade enfrentada pelos ex-gordos é emocional. É preciso vencer a compulsão e aderir à reeducação alimentar, essencial para não voltar a engordar. Um ano após a cirurgia, Andréa deixou o manequim 56 para entrar em calças número 42, as quais usa até hoje, dois anos depois e 55 kg a menos. A adesão ao tratamento é primordial para o sucesso de qualquer cirurgia bariátrica, não importa a técnica utilizada pelo médico. Prova disso é a consultora técnica Silvana Aguiar Franco, 44 anos. Há quase dois meses ela se submeteu à redução de estômago pela técnica by pass.

Meta a cumprir

Dos quase 134 kg distribuídos em 1,62 m, Silvana já perdeu 21 kg. A meta é perder 60 kg, e deixar para trás todas as dificuldades enfrentadas por quem tem peso a mais do que o necessário para levar uma vida saudável. - O gordo precisa de ajuda para tudo. Amarrar um sapato e até fazer a higiene pessoal são difíceis - revela Silvana. - Eu vivia escravizando meu marido. Mas não era por preguiça, e sim por causa do cansaço que a gente sente. Hoje, sou outra pessoa. Recebo até elogios, algo que, há muito tempo, eu não sabia o que era. As duas pacientes ressaltam a importância de estar segura da decisão de se submeter à cirurgia. - É importante ter consciência de que seus hábitos alimentares vão mudar. Por isso, a decisão deve ser pessoal, e não porque a família quer. E ficar atento para não criar novos tipos de compulsão ­ ensina Silvana. comida.

http://portal.cremepe.org.br/publicacoes_clipping_ler.php?cd_clipping=17711

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Co-dependência

Ainda há muita desinformação sobre o que é co-dependência e as dificuldades que essa síndrome emocional causa na vida dessas pessoas que estão sempre em busca, muitas vezes de forma perversa e autodestrutiva, de preencher o terrível vazio emocional das suas vidas.
É muito comum ligar a co-dependência as famílias que tem dependentes de álcool ou drogas, o que dificulta muitas vezes o diagnóstico e o tratamento, já que a co-dependência não se limita somente aos familiares de dependentes químicos.
Com uma baixa auto-estima, os co-dependentes vivem em função dos outros a quem querem controlar, mandar e fazem um “jogo” onde o poder de dominar é a essência. Esse domínio, a luta para tê-lo ou não é vital para o co-dependente. Tudo isso para buscar reconhecimento, para compensar uma falta de amor próprio.
Emocionalmente dependentes dos outros, não conhecem a sua realidade, não conseguem estabelecer os seus limites e perdem totalmente a sua identidade, já que passam a viver a vida do outro a quem querem controlar, desde a maneira como tem que conduzir a sua vida, os seus pensamentos e até os seus comportamentos. Essa marcação “cerrada” sobre o outro sempre causa desentendimento e mal-estar. O co-dependente acredita que é responsável pela felicidade e necessidade dos outros.
Vive uma vida de ilusão, de sofrimento, de ansiedade e de angústia. Nada está bom para ele e por mais que conquiste, sempre tem a sensação de um vazio, que está faltando alguma coisa na sua vida. Essa falta é uma das suas características em uma vida pontuada de extremos. Uma hora é o grande salvador, disposto a resolver os problemas dos outros, a ajudar e como carece de limites, constantemente está invadindo o outro com as suas orientações e conselhos que na verdade passam a ser imposições. No outro extremo é a grande vítima quando as coisas não saem como queria.
Desconhece os seus sentimentos, se sacrifica pelo outro, sempre dizendo não para si mesmo, tenta controlar a vida do outro, na qual não tem poder para isso e deixa de controlar a sua própria vida. Se sentem mal quando percebem a impotência de controlar ou mudar uma pessoa, um sentimento de fracasso toma conta de si. Tem muito medo de ficar sozinho, da rejeição, do abandono e lança mão de tudo, de uma maneira distorcida e inadequada para que isso não venha acontecer.
Quer que as coisas se resolvam e sejam da sua maneira e não percebe que muitas vezes os seus desejos e até os seus sonhos não são seus, mas da outra pessoa a quem está tentando controlar. A realidade é tão distorcida que dentro da sua ilusão acredita que a sua felicidade depende dos outros. Passa a ser um escravo, emocionalmente falando, das outras pessoas.
Tem dificuldade para se relacionar consigo mesmo, com os outros e até com Deus, a quem dá uma conotação humana devido aos abusos emocionais sofridos.
Doença gerada na família de origem que era disfuncional, o co-dependente carrega consigo sentimentos de culpa, medo, insegurança, raiva, frustração, vergonha e desenvolve comportamentos compulsivos em relação ao sexo, a alimentação, ao trabalho, ao dinheiro (fazendo gastos excessivos), ao álcool ou outras drogas em uma tentativa de controlar os seus sentimentos interiores. Tudo em vão.
O co-dependente não pode ver uma pessoa com problemas que lá está ele pronto para resolvê-los, no fundo, não para buscar uma solução para o outro, mas para si mesmo como uma recompensa. Desdobra-se nessa ajuda (tudo pelo reconhecimento), mas com certeza irá cobrar depois, e que cobrança, como se o outro tivesse a obrigação de retribuir, mas do seu modo e da sua maneira.
Quando há envolvimento com um dependente químico, as coisas se complicam.Se compararmos a co-dependência com a dependência química vamos perceber a semelhança entre elas. As duas são doenças de negação. Sintomas como a raiva, angústia, depressão e desespero, são os mesmos. O dependente químico luta para tentar controlar a droga e o co-dependente para controlar o dependente químico e em ambos o resultado é o fracasso, portanto a progressividade tanto da co-dependência como da dependência química caminham lado a lado. A negação é o grande obstáculo para um tratamento em qualquer uma das duas. É difícil para um co-dependente reconhecer que precisa mudar o seu modo de vida. Do mesmo modo, um dependente químico é resistente a mudanças. Tanto o co-dependente como o dependente químico só irá administrar com mais qualidade as suas vidas, quando admitirem o sofrimento que a doença provoca. Antes disso, não vão perceber o grau de destruição das suas vidas.
O que precisa ser ressaltado é que a co-dependência pode sim ser o início para que a pessoa desenvolva a dependência por drogas. Devido às compulsões que dominam o co-dependente que as usam para aliviar as suas dores emocionais, o risco do uso do álcool ou de outras drogas é muito grande.
Por isso é necessário que o adicto não só trate da sua adicção, mas também da sua co-dependência.
Além disso, problemas clínicos podem ser sintomas da co-dependência que se não for tratada de modo adequado vai passando de geração para geração.É fundamental que além do dependente químico estar em tratamento, os seus familiares também se tratem da sua co-dependência.
Como já foi exposto, os relacionamentos são extremamente afetados sob o impacto da co-dependência. Mas é necessário ainda acrescentar que mensagens enraizadas lá na infância podem muitas vezes interferirem no relacionamento de um casal e destruir casamentos. A “imperiosa” necessidade de fazer o outro feliz acaba sufocando a relação onde à identidade de um ou do outro não é respeitada.
Muitas vezes no seu círculo social, o co-dependente tem uma relação conflituosa. É comum ouvirmos as queixas de que “não estão respeitando os meus sentimentos” ou “estão me explorando” porque na verdade o co-dependente se liga ao outro de uma forma errada, distorcida, tentando impor o seu comando, desrespeitando limites, manipulando e como se isso fosse possível, ditar as regras e normas que a outra pessoa deve seguir na vida.
Muitas vezes falam e fazem o que não querem só para agradar os outros, se anulando com isso.
Outro ponto que precisa ser trabalhado é o preconceito que acompanha a co-dependência. A pessoa deixa de ir a uma terapia, a um grupo, a cuidar de si porque “a ligam” com dependência química (drogas).Uma pergunta muito comum que se ouve no início do tratamento é se tem cura.
Falar em “cura” em co-dependência como se tomasse uma pílula e a vida mudasse sem nenhuma interferência da própria pessoa, não existe. “Curar” em co-dependência significa reconhecer, admitir e aceitar a doença e a partir daí iniciar as mudanças no modo de viver, dar qualidade à vida, vivenciar a realidade e não insistir em uma existência baseada na ilusão, passar a controlar o que se pode controlar que é a própria vida, viver uma relação funcional, buscar o equilíbrio físico, emocional e espiritual, a auto-estima, o amor próprio e com isso melhorar o relacionamento com os outros e consigo mesmo.

Em co-dependência, “curar” significa viver a vida, descobrir o seu sentido e amá-la.

Fantástico - Texto de Martha Medeiros

Depois de um bom tempo dizendo que eu era a mulher da vida dele, um belo dia eu recebo um e-mail dizendo: "olha, não dá mais".
Tá certo que a gente tava quase se matando e que o namoro já tinhaacabado mesmo, mas não se termina nenhuma história de amor (e eu ainda oamava muito) com um e-mail, não é mesmo?
Liguei pra tentar conversar e terminar tudo decentemente e ele respondeu:"mas agora eu to comendo um lanche com amigos".
Enfim, fiquei pra morrer algumas semanas até que decidi que precisava seruma mulher melhor para ele. Quem sabe eu ficando mais bonita, mais equilibrada ou mais inteligente, ele não volta pra mim?
Foi assim que me matriculei simultaneamente numa academia de ginástica, num centro budista e em um curso de cinema.
Nos meses que se seguiram eu metornei dos seres mais malhados, calmos, espiritualizados e cinéfilos doplaneta. E sabe o que aconteceu?
Nada, absolutamente nada, ele continuou não lembrando que eu existia.
Aí achei que isso não podia ficar assim, de jeito nenhum, eu precisava ser ainda melhor pra ele, sim, ele tinha que voltar pra mim de qualquer jeito.
Decidi ser uma mulher mais feliz, afinal, quando você é feliz com você mesma, você não põe toda a sua felicidade no outro e tudo fica mais leve.
Pra isso, larguei de vez a propaganda, que eu não suportava mais, e resolvi me empenhar na carreira de escritora, participei de vários livros, terminei meu próprio livro, ganhei novas colunas em revistas, quintupliqueio número de leitores do meu site e nada aconteceu.
Mas eu sou taurina com ascendente em áries, lua em gêmeos filha única! Eu não desisto fácil assim de um amor, e então resolvi tinha que ser uma superultra mulher para ele, só assim ele voltaria pra mim.
Foi então que passei 35 dias na Europa, exclusivamente em minha companhia, conhecendo lugares geniais, controlando meu pânico em estar sozinha e longe de casa, me tornando mais culta e vivida.
Voltei de viagem e tchân, tchân, tchân, tchân: nem sinal de vida.
Comecei um documentário com um grande amigo, aprendi a fazer strip, cortei meu cabelo 145 vezes, aumentei a terapia, li mais uns 30 livros,ajudei os pobres, rezei pra Santo Antonio umas 1.000 vezes, torrei no sol, fiz milhares de cursos de roteiro, astrologia e história, aprendi a nadar, me apaixonei por praia, comprei todas as roupas mais lindas de Paris.
Como última cartada para ser a melhor mulher do planeta, eu resolvi ir morar sozinha.
Aluguei um apartamento charmoso, decorei tudo brilhantemente, chameiamigos para a inauguração, servi bom vinho e comidinhas feitas, claro, pormim, que também finalmente aprendi a cozinhar.
Resultado disso tudo: silêncio absoluto.
O tempo passou, eu continuei acordando e indo dormir todos os diasquerendo ser mais feliz para ele, mais bonita para ele, mais mulher para ele.
Até que algo sensacional aconteceu.
Um belo dia eu acordei tão bonita, tão feliz, tão realizada, tão mulher, que eu acabei me tornando mulher demais para ele.
Ele quem mesmo?

Martha Medeiros

sexta-feira, 11 de julho de 2008



Não é meu aniversário ou nenhum outro dia especial; tivemos nossa primeira discussão ontem à noite e ele me disse muitas coisas cruéis que me ofenderam de verdade.
Mas sei que está arrependido e não as disse a sério, porque ele me enviou flores hoje...
Não é nosso aniversário ou nenhum outro dia especial. Ontem ele atirou-me contra a parede e começou a asfixiar-me. Parecia um pesadelo, mas dos pesadelos acordamos e sabemos que não são reais. Hoje acordei cheia de dores e com golpes em todos os lados.
Mas sei que está arrependido porque ele me enviou flores hoje...
E não é São Valentim ou nenhum outro dia especial. Ontem à noite bateu-me e ameaçou matar-me. Nem a maquiagem ou as mangas compridas poderiam ocultar os cortes e golpes que me ocasionou desta vez. Não pude ir ao emprego hoje porque não queria que percebessem.
Mas eu sei que está arrependido porque ele me enviou flores hoje...
E não era dia das mães ou nenhum outro dia. Ontem à noite ele voltou a bater-me, mas desta vez foi muito pior. Se conseguir deixá-lo, o que é que vou fazer? Como poderia eu sozinha manter meus filhos? O que acontecerá se faltar dinheiro?Tenho tanto medo dele! Mas dependo dele e tenho medo de deixá-lo.
Mas eu sei que está arrependido, porque ele me enviou flores hoje...

Hoje é um dia muito especial: É o dia do meu funeral. Ontem, finalmente conseguiu matar-me. Bateu-me até eu morrer. Se ao menos eu tivesse tido a coragem e a força para deixá-lo... Se tivesse pedido ajuda tida a coragem e a força para deixá-lo... Se tivesse pedido ajuda profissional...


Hoje não teria recebido flores!!!


domingo, 6 de julho de 2008

ARNALDO JABOR

Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes, danças e poses em closes ginecológicos, chegam sozinhas e saem sozinhas.
Empresários, advogados, engenheiros que estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos. Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos 'personal dance', incrível. E não é só sexo não, se fosse, era resolvido fácil, alguém duvida?
Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho sem necessariamente ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico, fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão 'apenas' dormir abraçados, sabe essas coisas simples que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.
Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção. Tornamos-nos máquinas e agora estamos desesperados por não saber como voltar a 'sentir', só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós.
Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada no site de relacionamentos ORKUT, o número que comunidades como:
'Quero um amor pra vida toda!', 'Eu sou pra casar!' até a desesperançada 'Nasci pra ser sozinho!' Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis.
Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento e estamos a cada dia mais belos e mais sozinhos. Esse é o problema, mulheres que só se preocupam em sair com caras sarados, bonitões... e não se preocupam com o caráter... Isso pra mim é burrice! Mulheres que vivem correndo atrás de alguém e o pior, o cara só sai com ela quando ele quer, é só estalar os dedos e a tolinha diz sim! A mulher não se dá valor! de que adianta ser bonito, se ele é um canalha? Sei que estou parecendo careta, mas pelo contrário, pra chegar a escrever essas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa.
Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia é feio, démodé, brega.
Alô gente! Felicidade, amor, todas essas emoções nos fazem parecer ridículos, abobalhados, e daí? Seja ridículo, não seja frustrado, 'pague mico', saia gritando e falando bobagens, você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais (estou muito brega!), aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois.
Mas não, as pessoas insistem nas pessoas erradas... naquelas que as fazem sofrer...
Quem disse que ser adulto é ser ranzinza, um ditado tibetano diz que se um problema é grande demais, não pense nele e se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele.
Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo ou uma advogada de sucesso que adora rir de si mesma por ser estabanada; o que realmente não dá é continuarmos achando que viver é out, que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo ou que eu não posso me aventurar a dizer pra alguém: 'vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida'.

Antes idiota que infeliz!